Feira de artesanato do Parque busca dar mais visibilidade aos artesãos regionais

A feira de artesanato do Parque Ambiental Encantos do Sul completou quatro edições no último domingo, 26. Com o intuito de resgatar o trabalho artesanal e reunir os artesãos que ficaram um tanto dispersos em razão da pandemia, a proposta do Parque Ambiental é dar maior visibilidade a estes trabalhadores da região.

E o objetivo tem sido alcançado. Em pouco tempo de organização do grupo, quase 70 artesãos foram cadastrados, dos mais diferentes municípios da Amurel e de variados segmentos. A feira ocorre a partir das 14 horas na região central do parque, inserida aos demais atrativos que são oferecidos aos visitantes. “Estou adorando a experiência de mostrar meus trabalhos na feira. Sou muito grata a toda a equipe do Parque pelo cuidado e por proporcionar aos artesãos locais da cidade/região exporem seus trabalhos na feira de artesanato. O espaço é lindo, amplo, seguro e limpo, além de estar sempre movimentado. Os profissionais do parque são atenciosos e estão a todo o momento dispostos a ajudar quem precisa com prontidão”, diz a Maria Verônica Santos Marcelino, da Filtro dos Sonhos ((@Veeh Marcelino @Coisicas Artesanato).

“A iniciativa do Parque Ambiental de fazer uma feira de artesanato foi ótima, tanto para os artesãos como para o parque, pois além da oportunidade de venda, tem a divulgação do trabalho de cada artesão. E a feira se tornou uma atração a mais para os visitantes do parque”, pondera Francielle Preve Cipriano Tornier, que trabalha com cosméticos naturais.

“Participar da feira é um privilégio. A estrutura oferecida pelo parque atende super bem ao que os feirantes precisam. A Quilia Boutique de Laços agradece o espaço cedido e por ter a oportunidade de participar desses eventos incríveis”, elogia Marília da Silva das Neves da Costa.

 “O Parque Ambiental Encantos do Sul foi pra mim uma grande surpresa. Não imaginava que fosse frequentado por tantas pessoas. São muitas famílias com crianças e animais de estimação. Pessoas andando de bike ou simplesmente relaxando no gramado, lendo um livro, ouvindo música, conversando ou namorando. É um lugar muito agradável para todas as idades. Há no parque muitas atrações culturais e gastronômicas, agora temos também a feira de artesãos, da qual sou uma das participantes. Sou muito grata pela oportunidade que tenho de mostrar o que produzo às pessoas, pois é muito difícil termos um espaço gratuito onde possamos não só vender, mas divulgarmos nossa arte. Temos à nossa disposição toda a estrutura física do parque, a divulgação em meios de comunicação e empenho de pessoas que lá trabalham. Gratidão”, Nilce Bianco (@avillabianco).

A feira estava sendo feita todos os domingos, mas para dar oportunidade aos artesãos de trabalharem em outros locais da região, a gerência do Parque decidiu transformá-la em um evento quinzenal. “Felizmente há outras oportunidades para os artesãos mostrarem seus trabalhos e venderem seus produtos, em municípios da região. Então, a pedido de alguns, faremos a feira sempre no segundo e no último domingo do mês”, justifica a gerente geral do Parque, Luana Faustino de Freitas.

As inscrições continuam abertas para interessados em participar da feira. Para se inscrever e ler o regulamento da feira basta acessar o link que está na bio do Instagram do @parque.ambiental.

Mais informações podem ser fornecidas pelo (48) 3623-2460, ou pelo WhatsApp (48) 8476-0243, ou pelo administrativo@paeds.com.br.

Deixe um comentário